quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

O tempo...


o tempo passa por nós sorrateiramente... tentamos contabiliza-lo olhando sistematicamente para os ponteiros do relógio.. agendamos os nossos afazeres mal acordamos... racionalizando todos os compassos... tudo gira em volta do tempo... o tempo que demoramos a levantar, a vestir,a tomar o pequeno almoço antes de ir para as aulas/trabalho... quantas horas temos para realizar tal tarefa... se teremos tempo de no mínimo estar 5 minutos com aquela pessoa e sentir que se passaram segundos... 
o tempo...
existem momentos que nos fazem desejar que o mundo páre e deixe de girar de tão perfeitos que são... momentos em que os problemas se dissipam e és só tu e agarras o mundo nas tuas mãos..abres o coração e entregas todas as tuas energias baixando as máscaras que te escondem e reflectem o que tu comandas... és só tu!!! genuíno..sem regras nem questões que possam apagar o brilho do teu sorriso...respiras de peito aberto e sentes nos poros o ambiente e a energia do momento... quando estes fenómenos acontecem... o tempo parece correr... não o consegues agarrar... corre das tuas mãos e por muito bem que cerres os punhos ele vai-se... 
o tempo...
toca-te no corpo e na alma.. muda-te a cada segundo que o relógio avança o ponteiro... tic...tac...tic...tac... 
tudo o que vês, ouves ou pensas modifica-te... pequenos passinhos são dados na eterna evolução que o tempo te oferece... e tu nem sentes... 
o tempo..
.terminará o teu ciclo e ele ainda cá estará... 
queres mudar o tempo? não consegues...
queres mudar-te a ti mesmo? isso já esta a acontecer... 
queres ser alguém? tu já és alguém...
quem te tornou naquilo que és? o tempo...

1 comentário:

Criatura da Noite disse...

Lindo, simplesmente, lindo!