quinta-feira, 26 de novembro de 2009

...


Um dia...

.... farei tantas coisas que não poderei recordar a totalidade delas....
... serei tão forte que aguentarei tempestades de sorriso aberto...
...conseguirei chorar todas as penas do meu ser....
...largarei a saudade que trago amarrada ao peito....
.....verei o mundo raiar no auge de todas as suas cores....

... levarei na alma tudo aquilo que não poderá jamais ser dito...
... deixarei de ser quem sou....

.....serei a senhora do tempo...
.....esquecerei o todo que em mim brotou....

2 comentários:

duarte disse...

um dia pisando teu trilho
serás aurora inteira
sol radioso morna menina
sentirás plenitude...
crescer ao ritmo de um ser
que em ti dorme e acorda...
serás tempo de outro tempo

Criatura da Noite disse...

Gostei imenso das tuas palavras. Tocaram-me deveras. Parabéns.