quinta-feira, 4 de março de 2010

O Mergulho de Manuel

a lareira crepitava suavemente ao fundo da sala, o cheiro da madeira de pinho a arder inundava a sala inebriando-lhe os sentidos.. roda suavemente na mão o cálice de licor observando os círculos imperfeitos que o liquido meloso deixava atrás de si através do vidro enaltecido pelo dourado que a chama lhe oferecia. o seu rosto denuncia o seu pesar, os lábio inferior capturado no meio dos seus dentes parecem conter o grito que teima subir-lhe pela garganta, os seus olhos semi cerrados escondem o brilho da lágrima que teima em vir..  o seu cabelo desalinhado e a barba por fazer escondem os músculos tensos dos seus maxilares apertados num esgár de revolta..
está assim desde que acordou na cama de Eva após uma noite de pura magia, de reencontro pelo menos assim o sentiu, amou-a tentando apagar os meses de sofrimento que a ausência inexplicável dela provocou, sem fazer perguntas, só não lhe deu o que tinha porque já ela possuía. a alma, o coração! para quê?para mais uma vez o atirar ao chão quando atendeu aquele maldito telefonema mal ele abriu os olhos e lhe sorriu.. mais uma conquista barata de certeza pensou ele. mas a alegria dela, as palavras que usou -"sabia que ligarias.." e o seguimento da conversa aliando-se ao brilho dos seus os olhos de pura excitação, o deambular nervoso como o de uma adolescente revelou-lhe que tudo foi ilusão.. e ele ali, esquecido... em silêncio vestiu-se e saiu.. ela nem sequer reparou. e agora está mergulhado no seu mundo afundando-se no sofá que já parece uma extensão grotesca do seu corpo encarquilhado pela dor ... o toque de Eva não mata.. mas aniquila..

5 comentários:

Criatura da Noite disse...

Será que esta história triste algum dia terá fim...?

Anónimo disse...

querida
e que tal riso exhuberantes e abraços loucos e ternos?
e que tal , responderes ao tom da letra?
bjs do ceguinho.

Amaterasu disse...

- criatura da noite : já me tinha perguntado por onde andavas.. :) ainda nao sei que fim dar ao sofrimento de manuel..

- ceguinho: e tu aprenderes a tocar outra música sem ser a da desgraçadinha? :P

Gingerbread Girl disse...

Triste, melancólico... como eu gosto. ;)

*

Anónimo disse...

eu sei... agora será que a desgraçadinha, tem voz para seguir ?